Rede Democrática

Grandes avenidas ainda se abrirão por onde passará o homem livre! - Salvador Allende, 11 set 1973

  • aumente a fonte
  • Default font size
  • diminua a fonte
RedeDemocratica Noticias da Rede

O jornalismo do esgoto da revista Veja finalmente sofreu uma condenação. Na quinta-feira (25), os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concederam, por unanimidade, direito de resposta ao PT no panfleto da famiglia Civita. O partido terá uma página para rebater a “reporcagem” intitulada “O PT sob chantagem”, publicada na edição de 13 de setembro. Sem qualquer prova, como é do seu costume, a revista acusou a sigla de ter dado “uma pilha de dólares” ao chantagista Enivaldo Quadrado, ex-sócio da corretora Bônus Banval, para evitar que Lula, José Dirceu e o ministro Gilberto Carvalho fossem associados a um esquema de desvio de recursos na Petrobras. 

Por Altamiro Borges

Nunca é demais lembrar que foi com apoio norte-americano que se deu o fortalecimento do ISIS (Estado Islâmico), hoje, e da Al Qaeda, ontem. O apoio norte-americano à Al Qaeda foi para enfrentar os soviéticos no Afeganistão, daí surgindo uma Al Qaeda muito bem armada, com Osama Bin Laden no comando. Já o suporte ao ISIS se deu na tentativa de derrubar o governo eleito da Síria, sendo destruída boa parte da nação. Em dois casos, Iraque e Líbia, o resultado das operações militares foi a destruição da infraestrutura dos países, com centenas de milhares de mortes, entre as quais mulheres e crianças.

Por Raymundo de Oliveira

Con el propósito de proponer reflexiones críticas sobre las políticas de la memoria en toda su complejidad, el Centro Cultural de la Memoria Haroldo Conti organiza el VII Seminario Internacional Políticas de la Memoria - Presente y tradición del pensamiento emancipatorio. 7, 8 y 9 de octubre de 2014. Centro Cultural de la Memoria Haroldo Conti: Av. Del Libertador 8151, Ciudad de Buenos Aires, Argentina. Espacio para la Memoria y para la Promoción y Defensa de los Derechos Humanos (Ex ESMA).

Uma pesquisa realizada em fevereiro desse ano afirma que 56% dos estadunidenses querem uma mudança na política de Washington com Havana. E, mais significativo, na Florida, o Estado com maior sensibilidade neste tema, 63% dos cidadãos (e 62% dos latinos) desejam o fim do bloqueio. Outra consulta mais recente demonstra que a maioria da própria comunidade cubana de Miami pede pelo fim do bloqueio à ilha. Hillary Clinton reconhece que política norte-americana é erro histórico. População concorda, mostram pesquisas. Agora, só a direita e Obama parecem sustentar embargo.

Nesta terça-feira (30/09) às 18h na UFRJ da Praia Vermelha, haverá o ato de "Lançamento da Campanha Unificada: Liberdade para Caio Silva, Fábio Raposo, Rafael Braga e Extinção de Todos os Processos Políticos". O evento é convocado pela Comissão dos Pais e Familiares dos Presos e Perseguidos Políticos do Rio de Janeiro em proseguimento da luta pela libertação dos presos políticos e pela extinção dos processos persecutórios como o que é movido pelo Estado burguês com o apoio do monopólio da mídia capitalista contra os 23 perseguidos políticos do dia 12 de julho de 2014. 

O Ministério Público Federal em São Paulo ajuizou ação civil pública contra o SBT pelos comentários difundidos pela apresentadora do Jornal do SBT, Rachel Sheherazade que em fevereiro defendeu e incentivou a atuação dos "justiceiros" que atacaram e torturaram um adolescente suspeito de praticar furtos.  Para o procurador Pedro Machado, Sheherazade defendeu a tortura praticada, que é proibida pela Constituição, e violou o princípio da dignidade humana. Além disso, segundo o MPF, a âncora considerou o jovem culpado e condenado, ignorando a presunção de inocência prevista na legislação. A ação que é fruto de representação movida pelo coletivo Intervozes, FNDC e parlamentares, constitui uma vitória contra a violação de direitos humanos na mídia.

Em uma iniciativa inédita, a Comissão Nacional da Verdade (CNV) periciou as instalações onde funcionou o Doi-Codi do Rio de Janeiro durante a Ditadura Militar. As comissões nacional e estadual da Verdade  visitaram, na manhã de terça-feira (23/09) o quartel do 1º Batalhão de Polícia do Exército (BPE), na Tijuca, zona norte do Rio, no qual funcionou o Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna (Doi-Codi) entre 1970 e 1975 e onde diversos presos políticos afirmam que foram torturados e viram companheiros morrerem no local. Sete ex-presos políticos acompanharam os membros das comissões e descreveram o funcionamento do aparelho de repressão a peritos levados ao local. 

A Livraria Antonio Gramsci promoverá a exibição e debate do filme "Calabouço 1968 - um tiro no coração do Brasil", nesta terça-feira (30/09/2014), às 19h na Rua Alcindo Guanabara, 17 - Fundos, Centro - Cinelândia - Rio de Janeiro/RJ (rua ao lado da Câmara Municipal). Calabouço 1968 resgata a memória da morte do estudante Edson Luís no restaurante estudantil Calabouço, fechado pela Ditadura Militar em 1968. O filme é dirigido pelo documentarista militante e cineasta argentino-brasileiro, Carlos Pronzato, e produzido pelo advogado, ex-preso político que militou na ALN e integrante da Rede Democrática, Paulo Gomes Neto. 

Pesquisas mostram que a presidenta Dilma Rousseff amplia vantagem e pode vencer a eleição no primeiro turno. Segundo a pesquisa Vox Populi/TV Record a candidata à reeleição pelo PT lidera a corrida presidencial com 40%. Dilma está 18 pontos à frente da ex-senadora Marina Silva (PSB), que apresenta 22%, e 23 pontos à frente de Aécio Neves, candidato à Presidência pelo PSDB, que aparece com 17% das intenções de voto. Em comparação com a consulta anterior feita em 15 de setembro, a pesquisa divulgada nesta terça-feira (23/09) mostra que presidenta cresceu quatro pontos percentuais, enquanto Marina caiu cinco e Aécio Neves cresceu dois pontos.

A coletiva de imprensa, noticiando a imensa vitória do Plebiscito Popular, o feito histórico de obter 7.754.436 de votos em todo o Brasil, contou com a participação apenas da mídia alternativa e popular, merecendo o descaso deliberado dos grandes veículos de comunicação que já haviam silenciado durante a semana de votações. Não fosse a imensa repercussão nas redes sociais, milhares de militantes não teriam visualizado a dimensão que a campanha tomou.

Por Ricardo Gebrim

O desaparecimento do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, visto pela última vez ao ser detido por policiais na comunidade da Rocinha, no Rio, virou tema do documentário "O Estopim", que terá estreia no Festival do Rio, realizado entre os dias 24 de setembro e 8 de outubro. A coragem da família e de amigos de Amarildo, torturado e assassinado por policiais militares dentro da sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha em julho de 2013, se transformou em símbolo de resistência e luta da sociedade civil contra a violência do Estado policial.

Página 1 de 273